DIRETORIA DE CULTURA E PATRIMÔNIO HISTÓRICO - DICULP

 

É o órgão responsável pela gestão das políticas e ações da cultura e patrimônio cultural do município.

O município de Planura já possui o seu Sistema Municipal de Cultura instituído por lei e também o seu Plano Municipal de Cultura vigente e em execução. Você pode conhecê-lo no link abaixo.

 

Minas Gerais, a partir de 1996, a lei estadual que passou a regulamentar esse repasse da verba do ICMS aos municípios foi Lei Estadual n° 12.04017, que ficou popularmente conhecida como “Lei Robin Hood”. Essa lei estabelecia critérios para o repasse dessa verba, dentre eles o critério “patrimônio cultural”. Essa lei foi uma estratégia encontrada pela administração estadual para a indução da adesão dos municípios, no âmbito do patrimônio cultural, à descentralização administrativa incentivada pela Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Planura desenvolve a gestão do patrimônio cultural desde 2009. Confira abaixo seus bens tombados, registrados e inventariados e as ações de educação e difusão do patrimônio cultural 

 

Equipe:
Cremilda Lopes Pereira de Souza - Secretária Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer

 

____________________________________ - Diretora do DICULP

Márcia Esper - Diretora Interina 

Valdemar Adriano Bastos – Divisão de Formação, Fomento e Captação de Recursos

Kelle Cristina Marcolino - Divisão de Controle e Promoção de Eventos

Dhiennyffer Andrade Mendes Silva - Encarregada do Setor de Cultura e Patrimônio Histórico

GESTÃO DA CULTURA

GESTÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL 

Aqui você conhecerá as principais ações de Educação e Difusão do Patrimônio Cultural de Planura 

Abaixo os bens culturais cujo inventário foi atualizado em 2021 - exercício 2023 e o bem inventariado neste ano

 

Abaixo os bens culturais cujo inventário foi atualizado em 2021- exercício 2023

 

Screen Shot 02-07-22 004.JPG